O que é insônia e como combatê-la?

A insônia é um distúrbio de sono que pode afetar o antes, o durante e o depois do momento de dormir. É identificada pela dificuldade de adormecer e de manter o sono ou pelo acordar antes do programado.

De acordo com a Associação Brasileira do Sono (ABS), de cada três brasileiros, pelo menos um tem insônia, o que é um sério problema, pois o sono é fundamental para restabelecer o organismo e um dos responsáveis pelo humor das pessoas.

Dormir mal ou pouco causa irritação, dores de cabeça, dores no corpo e dificuldades cognitivas.

Quando se dorme, há uma reorganização total dos hormônios e um retardamento do envelhecimento, entre outros benefícios.

O descanso melhora a produtividade durante o dia e faz com que as pessoas tenham um melhor desempenho no âmbito geral, além de saúde física e mental e qualidade de vida.

Causas

Entre as principais causas da insônia, estão os fatores psicofisiológicos, incluindo estresse, depressão, ansiedade e excesso de preocupações. Outros motivos são falta de exercícios físicos, existência de doenças crônicas e uso de alguns medicamentos.

Os maus hábitos de sono, como, por exemplo, não dormir em um local silencioso e sem iluminação, também estão presentes na grande maioria dos casos de insônia.

Necessidade

Existem pessoas que não observam a real necessidade do sono e acabam considerando dormir uma perda de tempo, pois entendem que poderiam estar produzindo mais se ficassem acordadas. Já outras acabam se refugiando no sono como maneira de burlar suas rotinas.

O que se sabe pela literatura é que cada indivíduo tem a necessidade de uma quantidade de horas de sono, mas a média fica em torno de oito horas.

Independentemente das horas necessárias para cada indivíduo, é recomendado que o sono seja um fator de extrema importância na organização da vida das pessoas.

Ritual

E no combate à insônia, sugere-se que haja um ritual para dormir e garantir uma boa qualidade de sono, o que inclui um local com temperatura agradável, tranquilo, silencioso e com uma cama confortável.

O escuro também é necessário, porque a melatonina produzida pelo organismo, conhecida como “hormônio da noite” ou “hormônio do sono”, prepara o organismo para dormir à medida que a luminosidade solar diminui, quando a noite se aproxima.

Da mesma forma, manter um horário regular para dormir e acordar diariamente, mesmo nos fins de semana, é importante.

Outra dica é evitar comer comidas pesadas antes de dormir, assim como o uso de telas (televisão, celular, computador, etc.).

Se a pessoa tiver o hábito de dormir escutando música, mexendo no celular, no computador, no tablet ou até mesmo com a televisão ligada, esses aparelhos eletrônicos devem ter uma hora específica para serem desligados.

Terapia

A terapia cognitivo-comportamental (TCC) se mostra eficaz no tratamento da insônia. Engloba a identificação e o controle das causas ocultas e desconhecidas, assim como a melhora dos hábitos de sono.

Nesse contexto clínico, os cartões de enfrentamento são ferramentas importantes. ‘Como enfrentar a insônia? 100 cards para a melhoria do sono e qualidade de vida’, de autoria do psicólogo Fernando Elias José e publicado pela editora RIC Jogos, serve como material de diagnóstico e apoio no tratamento da insônia, sendo muito importante uma avaliação médica para um tratamento combinado se necessário.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.