Como melhorar a comunicação nas relações conjugais?

Melhorar a comunicação nas relações conjugais é tarefa tão importante quanto manter os laços afetivos. Qualquer tipo de ruído no entendimento entre um casal é fator que desencadeia uma série de enfrentamentos muitas vezes desnecessários e prejudiciais, gerando desarmonia permanente, sequelas e até separação.

Portanto, para conquistar uma relação feliz, harmoniosa e durável, ambos devem estar interessados em melhorar a comunicação nas relações conjugais e dar o primeiro e os próximos passos para a mudança. O diálogo constante precisa ser, no mínimo, um acordo.

DICAS

Para melhorar a capacidade de observar, entender e otimizar a comunicação nas relações conjugais, é importante seguir algumas dicas.

Uma delas é perguntar e não interpretar. Em outras palavras, não especular quando não se está compreendendo uma situação ou algo que a outra pessoa quer dizer. Perguntar e esclarecer a situação antes que ela tome proporções erradas são os melhores caminhos.

Não exagerar em utopias é mais um conselho a ser seguido. Afinal, projetar a relação ideal ou colocar os sonhos à frente da realidade muitas vezes significa cair em desilusão com maior facilidade.

Nesse caso, a expectativa e a idealização do outro são os maiores fatores de frustração de um casal. Portanto é importante lembrar que o parceiro ou parceira são humanos e passíveis de erros como qualquer pessoa.

ANÁLISE E EMPATIA

Criar uma pausa em meio ao descontentamento para se questionar é mais uma dica para melhorar a comunicação nas relações conjugais. Quando os indivíduos tiram um tempo para analisarem a si mesmos, seus pensamentos e ações, descobrem muito a seu próprio respeito.

Às vezes, uma situação que parece ser muito ruim é apenas exagerada pelos sentimentos do momento. Além disso, a autoavaliação permite ao sujeito verificar como pode melhorar e se tornar um ser humano mais feliz.

Praticar a empatia é outro conselho a ser seguido para melhorar a comunicação nas relações conjugais. Se colocar na posição de quem está falando ou demonstrando algum sentimento, torna possível compreender melhor o contexto.

HUMILDADE E ATENÇÃO

Terem humildade para reconhecerem quando erram é mais um importante passo a ser dado pelos indivíduos no sentido de melhorar a comunicação nas relações conjugais. A pessoa que não identifica seus próprios erros não evolui no seu caminho pessoal.

Em muitos casos, a arrogância a levará a estados de intolerância que poderão ocasionar distúrbios psicológicos mais tarde. E isso pode prejudicar e até destruir relacionamentos.

Outra dica importante para melhorar a comunicação nas relações conjugais é dar atenção ao cônjuge, ou seja, não conversar apenas por conversar, mas demonstrar intenção de ouvir, entender e construir. Tal atitude já reduz a aflição de uma conversa difícil para ambos.

Essa atenção ao outro deve ser demonstrada em qualquer situação, seja para escolher o cardápio, seja para definir o futuro do relacionamento. Isso criará mais intimidade e confiança entre o casal.

DIÁLOGO SEM GRITOS

Mais um conselho para melhorar a comunicação nas relações conjugais é dialogar sem gritar. As gritarias não são sinônimos de entendimento, pelo contrário, elas podem levar a brigas ou agressões. Caso os envolvidos estiverem muito irritados, o melhor é deixar a conversa para outra ocasião.

Não manipular é outra dica. Os jogos de manipulação, de disputas de poder e jogos amorosos são comuns como estratégia para não brigar. No entanto são igualmente ou piores que uma briga, pois não são saudáveis e podem levar a relacionamentos violentos.

OBJETIVIDADE E VERDADE

Ser claro e honesto também é fundamental para melhorar a comunicação nas relações conjugais. O importante é tentar enxergar o futuro e não resgatar antigos problemas, ou seja, não perder o foco desviando o assunto central.

O objetivo de uma conversa é chegar a uma conclusão comum, seja na escolha do que vão comer, seja em questões complexas como a decisão de ter filhos.

Exercitar a tolerância é mais uma dica importante para melhorar a comunicação nas relações conjugais.

Um dos fatores que podem levar a uma rotina de diálogo saudável para o casal é criar sempre coisas novas para que se experimente o exercício da comunicação e se reconquiste o relacionamento através das palavras e das ações.

O importante é não deixar para depois, porque qualquer particularidade pode ser importante para melhorar a comunicação nas relações conjugais. E a regra mais importante para isso é não mentir, ou seja, ser honesto consigo mesmo e com o outro.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.